08 setembro 2009

WWF X DDB FOI MAIS LONGE...

A premiação americana One Show, promovida pelo One Club -- entidade especializada em premiações publicitárias --, anunciou esta sexta-feira que vai liderar um movimento para que os principais concursos do setor em todo o mundo -- como Cannes, D&AD e Clio -- criem mecanismos punitivos para eliminar a inscrição de trabalhos fantasmas. Para dar a dimensão do rigor da iniciativa, o One Show está incluindo na lista não apenas as peças criadas para anunciantes inexistentes ou que o cliente não tenha formalmente aprovado, como aquelas "veiculadas apenas uma vez, ou tarde da noite na TV, ou que a agência tenha produzido uma única cópia", prática corriqueira das agências de todo o mundo para legalizar a inscrição.
A notícia foi publicada no site AdAge, que creditou a decisão a uma reação do One Club ao caso "WWF-DDB", que agitou o mercado publicitário mundial nos últimos dias.
As novas regras passam a valer em 2010 e prevêem:

- A agência, seja regional ou parte de uma rede internacional, que inscrever peças para clientes inexistentes, ou criar peças sem a aprovação do cliente será banida do festival por cinco anos.
- Toda equipe que constar na ficha técnica será banida do festival por cinco anos.
- A agência, seja regional ou parte de uma rede internacional, que inscrever uma peça que tiver sido veiculada apenas uma vez, ou na madrugada da TV, ou, ainda, tiver pago pela veiculação, será banida do festival por três anos.

Ainda segundo o AdAge, a organização do One Show vai procurar os resposnsáveis por Cannes, D&AD, Clio, entre outros, para sugerir que sigam as mesmas regras.

Fonte: www.janela.com.br e www.voxnews.com.br

Nenhum comentário: